Juventude do presente: conheça as apostas do verdão para a LDB

Acostumado a formar e lapidar atletas, o Palmeiras sempre foi referência em lançar jogadores. Yago Mateus, Gabriel Jaú, Pecos são apenas alguns exemplos de craques que deram seus primeiros passos pelas quadras da Sociedade Esportiva Palmeiras e para a LDB não será diferente. Sem medo de usar atletas mais jovens, Filé poderá lançar jovens de 15 e 16 anos para a competição que tem como limite de idade jogadores de até 20 anos.

IMG_2383
Apesar de 15 anos, o armador Pará já chama a a atenção (Foto: Caio Carlucci/Divulgação)

Natural de Belém do Pará, Matheus Leoni chegou ao alviverde para esta temporada após ser convocado para a seleção brasileira Sub 14 no ano de 2017. Com 1.85 metros de altura, o armador palestrino de apenas 15 anos não demorou muito para mostrar sua extrema qualidade na base do verdão. Extremamente técnico, Pará chama atenção por ser um atleta com ótimo controle de bola, com as duas mãos e, sobretudo, pelo sua ótima jogada um contra um. Além disso, é ótimo chutador do perímetro e apesar de todas essas qualidades e ser o cestinha da equipe Sub 15, com médias de 21.272 pontos do Palmeiras e do campeonato, Matheus também é especialista em distribuir assistências.

”Nós temos um atleta no Palmeiras que é diferente. Há muito tempo que eu não via um atleta tão diferente como ele é. Veio do Pará, o Matheus Leoni. O menino é completamente diferente dos da idade ou mesmo dos mais velhos. Precisa aprender muita coisa ainda, ganhar muito físico e ser menos preguiçoso, mas em termos de talento nem o Yago com 15 anos tinha tanto talento individual como esse menino tem”, afirmou Filé.

Assim como Pará, Bruno Henrique, o Brunão também chegou ao palestra este ano. Vindo do Círculo Militar, o jovem atleta destaque da equipe Sub 16 do alviverde sagrou campeão em cima do próprio Palmeiras no ano de 2016 (Sub 14). Com 2 metros de altura, Bruno é um atleta extremamente versátil e moderno. Com extrema força física, pode jogar como pivô, mas não impede de jogar no perímetro, sendo muitas vezes um ”3” e , principalmente ”4”. Pelo sub 16, o jogador tem médias de 13.6 rebotes por jogo. Com agressividade, Brunão vem se notabilizado também por ser extremamente dominante no garrafão, distribuindo tocos tocos e enterradas.

brunão2.jpg
Brunão enterrando (Foto: Caio Carlucci/Divulgação)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s