Ao mestre com carinho: obrigado, comandante

22 de setembro de 2018. O dia amanheceu nublado, sombrio na avenida Palestra Itália. Acostumado pelo calor humano, pelo canto ensurdecedor da torcida alviverde em dias de jogos, o verdão sofreu um duro baque no Departamento de Basquete. Na tarde de hoje, o nosso comandante, o nosso coach, o nosso gênio, Felipe Luiz Santana, o Filet, comandou pela ultima vez o alviverde em triunfo pelo Sub 19 diante Campinas pelo placar de 107 a 47.

Filet coleciona duas passagens pela Sociedade Esportiva Palmeiras. De 2008 a 2013, geriu algumas equipes menores palestrinas, sagrou-se campeão do Metropolitano, do Estadual e da Copa Revelação e ainda esteve nas seleções Paulistas Sub 15 e Sub 17. Palmeirense de coração, o nosso eterno coach foi um dos assistentes técnicos do alviverde imponente na disputa do NBB5. Sua segunda passagem se deu após um ano de estudos, voltando no final de 2014 ao alviverde, para ser auxiliar do técnico Régis Marreli no NBB 7. De 2013 a 2018, Filet reafirmou sua qualidade como o melhor treinador da base do Brasil, lapidou e ajudou a formar nomes como Yago Mateus, Gabriel Galvanini (Jaú), José Carlos, Nicolas Ronsini, Rafel Paulichi, Caio Pacheco e Lázaro Rojas (NCAA), entre outros. Foi durante esse período também que o comandante se tornou assistente técnico da seleção brasileira adulta e da Sub 21.

7.jpg
Filet comandando o verdão pela LDB (LNB/Divulgação)

Formado em Educação Física pela Universidade de São Paulo, tem mestrado realizado na mesma instituição, fugindo da ótica de treinadores vindo apenas das quadras. Extremamente inteligente, Filet é daquelas pessoas que estudam 24 horas por dias. Participando de camps na Espanha, Argentina e até mesmo na NBA, alinhava os estudos a parte técnica. Planejava minunciosamente seus treinos, passava horas analisando estatistificas (scoutear). Mas engana-se quem acha que seu trabalho se resume ”apenas”  a essa parte. Filet é mais do que um treinador; Filet é mais do que alguém que pegava nos pés dos meninos do Palestra; Filet é mais do que alguém que ganhava jogos pela técnica. Filet foi, é e será sempre o grande pai dos garotos da Sociedade Esportiva Palmeiras. Respeito, Responsabilidade e, sobretudo, a Amizade são alguns valores deixados como legado pelo nosso eterno coach.

9
Filé comandando o verdão pela LDB de 2015 (Foto: LNB/Divulgação)

Com 31 anos, Filet tem uma carreira extremamente promissora pela frente. No momento não mais na Sociedade Esportiva Palmeiras, mas sabemos que independente de onde esteja e qual for seu clube, uma coisa é certa: estará sempre torcendo por nós e nós por ele. Obrigado por tudo, coach, sucesso sempre. Arrivederci.

*Por carinho e respeito, nos referimos ao técnico não como Filé, como assim prefere, mesmo que desrespeitando a norma ortográfica da Língua Portuguesa.

Uma consideração sobre “Ao mestre com carinho: obrigado, comandante”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s