Histórico: Sub 14 do verdão tira 18 pontos de desvantagem e é campeão diante o SPFC

A equipe Sub 14 da Sociedade Esportiva Palmeiras conquistou o 15º título do Campeonato Paulista Metropolitano da categoria na manhã desse sábado diante o São Paulo pelo placar de 64 a 56. O verdão já havia sido nos anos de 1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1973, 1979, 1982, 1983, 1989, 1992, 2007, 2011 e 2013.

Empurrado pela sua torcida, a equipe Sub 14 da Sociedade Esportiva Palmeiras fez história na manhã desse sábado, 3. Após estar perdendo por 18 pontos no terceiro quarto, a equipe do coach Willians realizou uma virada épica no Ginásio do Palestra Itália. Para reverter o placar adverso, o verdão contou com três nomes que fizeram a diferença. Diogo Castro, armador, Guilherme Tesch, ala, e Ângelo Consorte, ala-pivô.

torcida.jpg
Torcida do Palmeiras fez a diferença (Foto: Michael Oliveira/Click Sports 3)

Filho do ex jogador Danilo Castro, Diogo seguiu o caminho do  pai e fez história. Com apenas 14 anos, já conquistou dois ouros em sua carreira. Em 2016, foi campeão também pelo alviverde, mas pelo Sub 12. Armador também, o atleta mudou a partida com uma bola mágica tirada da cartola no final do terceiro quarto. O verdão perdia por 12 pontos e com a cesta, foi para o último período pelo placar de 38 a 47, mudando a cara do jogo e colocando de vez o Palestra na partida. Além disso, Diogo foi fundamental na marcação pressão quadra inteira e também na saída de bola, quando conduzia o Palmeiras em transição para o ataque.

pai.jpg
Danilo e Diogo (Foto: Michael Oliveira/Click Sports 3)

Já Guilherme Tesch, eleito o melhor ala do campeonato e possivelmente o MVP da categoria, sofreu com a marcação do ex palestrino Klaus. Apesar de ‘’apagado’’ no primeiro tempo, isso, contudo, mudou no segundo. Com uma postura agressiva, Gui cavou diversas faltas e lances livre para o verdão. O atleta também foi fundamental no perímetro, convertendo uma cesta dos três pontos no último quarto e diminuindo a diferença do placar.

dire.jpg
Tesch com o diretor Humberto Fernandes (Foto: Michael Oliveira/Click Sports 3)

Por sua vez, Ângelo foi o grande protagonista do triunfo alviverde. Cestinha com 19 pontos, o atleta chamou a responsabilidade do jogo para si. Assim como Tesch, fez um monumental segundo tempo de jogo. Com rebotes e, sobretudo, infiltrações, o ala-pivô do Palmeiras foi fundamental na reviravolta palestrina.

Com o título, o plantel de Willians Manzini garantiu vaga no Estadual, junto com a equipe do Morumbi e os dois melhores times do interior. As datas e horários ainda serão definidas pela Federação Paulista de Basketball. Esse foi o décimo quarto título conquistado por Will pelo verdão, que antes já havida sido campeão em 2012 (Campeão Metropolitano e Estadual – Sub 13); 2013 (Campeão Metropolitano e Estadual – Sub 12); 2014 (Campeão Metropolitano e Estadual – Sub 15); 2015 ( Campeão Metropolitano e Estadual – Sub 12 e Estadual – Sub 15); 2016 (Campeão Metropolitano e Estadual – Sub 13), além de dois torneios de Mar Del Plata e dois brasileiros Sub 15 pela Seleção Paulista.

will.jpg
Wllians comemorando (Foto: Michael Oliveira/Click Sports 3)

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s