DNA de craque: conheça Diogo Castro, armador talentoso do Sub-16 do Palestra

A família Castro possui DNA vitorioso no basquete nacional. Com uma carreira vitoriosa, Danilo Castro foi armador e ídolo da equipe de Mogi das Cruzes, onde conquistou, por exemplo, o título Paulista de 1996. Diogo, seu filho, vem trilhando os mesmos caminhos no basquete e hoje é um dos destaques da equipe Sub-16 do alviverde.

O começo:

Natural de São Paulo, Diogo é um dos principais armadores da categoria e, indiscutivelmente uma das promessas do Palestra. Começou sua trajetória no alviverde em 2013 na escolinha do clube, com apenas nove anos. Foi em 2015, entretanto, que o atleta estreou oficialmente pelo Palestra. Nesse ano, Diogo começou a dar os primeiros passos em sua vitoriosa trajetória no Verdão. Com uma campanha invicta, com 25 vitórias, foi campeão Metropolitano e também do Estadual. Dois anos depois, pelo Sub-13, foi um dos dos pilares da equipe de Willians Manzini no bronze do Metropolitano.

Foto: Michael Oliveira/Federados

Título eroico:

Pelo Sub-14, em 2018, o armador conquistou mais um título pelo Verdão. Em um duelo histórico e dramático, o alviverde tirou uma desvantagem de 18 pontos diante o São Paulo e foi campeão do Metropolitano ao derrotar a equipe do Morumbi por 64 a 56. Na decisão, Diogo foi de suma importância, principalmente nas bolas do perímetro. Foi um dos destaques do alviverde na virada com 12 pontos, sendo nove deles com bolas de três pontos.

Cestinha e grande evolução:

Em 2019, Diogo deu um grande salto no basquete, sobretudo, na parte técnica e passou a ser protagonista no Sub-15. Com extrema agressividade em relação a cesta, mostrou capacidade fácil de pontuar, puxar contra-ataques, além de ser um exímio arremessador do perímetro. Nesse ano, foi um dos cestinhas da categoria, com média de 17.06 pontos por jogo e coroado com o vice-campeonato Metropolitano.

Diogo em transição ao ataque (Foto: Michael Oliveira/Federados)

A relação com o pai:

Sempre presente nos jogos do filho, Danilo cobra muito de Diogo, mas sempre o aconselha. ” Nós sentamos em casa e assistimos todos os jogos dele juntos e vou pontuando os acertos e as bolas que ele deve corrigir. Eu acho que essa é uma dinãmica legal que eu procuro ter com ele”, disse Danilo. Sobre as diferenças, o ex jogador afirmou ” Eu me enxergo muito quando ele está em quadra, ele tem algumas características que eu não tinha. Ele é um exímio arremessador, o arrmesso que ele tem hoje é muito melhor que o meu quando eu tinha a sua idade, eu não tinha o faro de cesta tão grande quanto o dele”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s