O futuro do basquete alviverde: adulto e base


O dia 19 de abril de 2015 marcou a última partida do Basquete da Sociedade Esportiva Palmeiras pelo NBB. Desde então, muitos boatos sobre a volta do alviverde existiram, mas nada de concreto. Entre perdas de jogadores e títulos conquistados na base, a saudade aumenta e é nítido que muitos torcedores pedem a volta do Palestra ao NBB. Saiba em que pé anda o retorno de uma equipe adulta e se é possível.


Neste ano, o clube passa por uma reforma estrutural nas categorias de base, com melhorias para os atletas e comissão técnica a fim de atrair ainda mais talentos para o alviverde imponente. Além disso, antes da pandemia, o Palestra estava próximo de acertar uma grande parceria com a FAM (Faculdade das Américas), o que iria proporcionar intercâmbio entre profissionais da instituições e dos esportes olímpicos do clube. Também havia sido estabelecido que exames de saúde e avaliações de físicas seriam feitos com frequência. Com essas mudanças na base, o alviverde pretendia organizar a base para, que em 2021, começasse o planejamento para a volta da equipe profissional. Vale ressaltar que neste ano, o Palmeiras conseguiu dois patrocínios para a disputa de campeonatos de base nacionais, ente eles a LDB.

Com a pandemia do Coronavirus, não é possível cravar mais se o retorno ao NBB será breve, mas há algumas particularidades importantes que irão acontecer em 2021. No começo do ano, o clube passará por eleições para Conselho. Até agora,três candidatos que são ligados ao basquete irão concorrerer: Pepe Reale, Betão e Luiz Bejczy (atual diretor). Se eleitos, serão nomes importantes na política do clube para fortalecer a modalidade. Vale ressaltar que hoje o Palmeiras tem conselheiros basqueteiros em atividade, por exemplo, Tadeu Carvalho. Já no final do ano, tudo indica que Leila Pereira irá ser candidata à presidência e sem um nome de oposição na eleição. Para fortalecer sua imagem, ela deverá investir mais no clube social e os esportes olímpicos fazem parte disso. Vale ressaltar que a mesma acenou um aporte de 60 milhões pela lei de incentivo ao esporte nas modalidades esportivas do clube em 2018 e, se eleita, será mais fácil desse investimento acontecer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s