Todos os posts de Fernando Fernandes

Facebook: Basquete Palestrino Instagram: @basquete_palestrino Twitter: @Basquete_SEP

Estreia com vitórria no basquete

Ontem, dia 7 foi inaugurado o campeonato Paulista de basquete. No ginásio do Palestra Itália jogaram o time da casa, contra o fortíssimo Bauru. Mesmo desfalcado com as ausências de Alex, Rafael Hettsmeir, Larry que estavam na seleção e Murilo que está com lesionado. Palmeiras veio praticamente completo, só com a ausência do ídolo Maxi, que estará de volta para o NBB. A equipe da casa começou muito bem, mas ao decorrer do tempo o jogo ficou mais equilibrado.
A vitória alviverde poderia ser mais fácil. Porém o jogo teve valores ao ingresso sendo cobrado pela primeira vez, afastando a torcida. A torcida Inferno Alviverde, que sempre puxa o ginásio, ontem estava calada como forma de protesto. Em decorrência da dispensa da base do time do ultimo NBB, e da forma que a diretoria do Palmeiras se posicionou de forma bem rude com eles. Uma pena da parte do Palmeiras.
Felizmente alguns jogadores mostraram que vieram para honrar o clube. Lucas RUSSEL WESTBROOK jogou muito ontem. Tirando a brincadeira que fica de fora, mas o Luqinhas apresentou ser um jogador muito atlético, batendo a bola para dentro do garrafão. Jogou em alguns minutos só com um tênis. Só precisa ter mais confiança no seu bom chute de longe. Ainda bem que o Bauru dispensou o jogador.


Luquinhas, ao lado esquerdo

Nicolas Gianella  é outro que podemos contar. Está longe de ser o Maxi, mas cadencia o jogo de uma forma incrível. Será muito interessante ver ele jogando com o gênio  Maxi.
Toyloy fez uma boa estreia, só precisa pegar mais rebotes. Nunes começou mal, porém se redimiu. Fabricio fez uma boa partida. Atila me decepcionou, outrora ele joga bem, mas ontem não. Sabe jogar bola é só querer. Neto como sempre foi um monstro, só precisa de um reserva para poder descansar. Gostaria de ver o menino André jogar.
A equipe do Palestra ganhou o jogo por 74 x 69. O próximo jogo será, no Palestra Itália, às 18 horas.

Basquete do Palmeiras modificado

Após a eliminação da equipe adulta de basquete do Palmeiras diante do São José,  no ultimo NBB, muitos acontecimentos, especulações e mudanças foram feitas. A Meltex renovou com o clube por mais 1 temporada, Betão ganhou carta branca da diretoria, alguns jogadores dispensados e outros contratados.

O armador tyago Aleo, os alas Guto, Igor e o norte americano wiggns, os alas – pivôs Tyrone e Tiagão e o pivô Marcão foram dispensados. Tyrone foi para o forte time de Mogi das Cruzes, e o capitão Tiagão jamais deveria ter saído.

Até agora, a equipe do palestra  fechou com o armador Lucas Avelinno, o Luquinhas como era carinhosamente chamado, ex Bauru, o argentino e armador Nicolas Gianella, ex Union Formosa, o ala Diego Pinheiro, ex Goiânia, o versátil ala – pivô Douglas Nunes, ex Minas e o pivô americano Toyloy, ex Pinheiros. O ala Eddy que era dado como certo fechou com o Macaé.

Lucas Avelinno que há pouco tempo voltou das quadras, devido a ruptura completa do ligamento cruzado anterior (LCA), é muito habilidoso e talentoso. Quarta feira, 16 de tarde já treinou com sua nova equipe, e nem pareceu que esteja voltando de lesão.

Nicolas Gianella é um experiente armador argentino, canhoto, com um certeiro tiro de 3 pontos. Foi campeão da Liga Nacional pelo Estudiantes de Olavarria, na temporada 1999 – 2000. Obteve destaque também na forte equipe de Granada, obtendo médias de até 12,3 pontos. Na última temporada foi destaque da sua equipe, a Union Formosa, com média de 14,5 pontos.

Douglas Nunes é um jogador que pode tanto jogar na posição 3,como 4. Apresenta um bom tiro de longa distancia. Além disso, é muito atlético. Na última temporada foi destaque do Minas, com médias de 12,1 pontos.

Toyloy venho definitivamente para suprir a dispenda do ídolo Tiagão. O ex jogador do Pinheiros é muito forte fisicamente, com uma forte e precisa marcação. Será importante.

Diego que venho de um time fraco, o Goiânia não teve muita visibilidade, apesar de carregar o time, treinou muito bem no treino de quarta feira,16.

O argentino e armador Maxi Stanic só irá voltar para o NBB, independente se o time se classificar para um possível playoffs. Motivo disso é que está na Argentina cuidando das escolas de seus filhos.

Ainda fazem parte do plantel alguns remanescentes da última temporada. São eles o pivô Atila, o ala Fbricio, e ala armador Neto. O time ainda será formado por 5 nomes da base, o ala – pivô Cadu Costa, o ala Italo Cicotti, ex Circulo Militar, o pivozão Douglas Sales e o armador Murilo que é prata da casa e disputa os torneios de base pela seleção brasileira. Egon também deve fazer parte do grupo, mas está representando o Brasil num campeonato afora.

O verdão estreia dia 7 de agosto conta o Bauru, às 20 horas, no ginásio do Palestra Itátia.

 

Nada como um dia após o outro

A equipe de basquete do palmeiras está de volta aos playoffs, após 16 anos. Esse é o lugar que nunca deveria ter saído. Foram anos de trabalho esforçado e ardo, até que em 2012, o palestra foi a final da Super Copa Brasil contra a equipe de Mogi das Cruzes. Mogi ganhou por 102 a 87, apesar do revés, a equipe da capital se classificou de volta ao NBB. No ano de 2013, o palmeiras teve uma campanha pífia no 1 turno, com grande chances de ser rebaixada, entretanto no 2 turno a torcida fez a diferença no ginásio palestra Itália, ganhando, por exemplo do forte time do Brasília. Nesse ano faltou pouco para a tão desejada vaga aos playoffs.
Todavia, o ano de 2014 foi diferente, o time da capital obteve uma grande participação no Paulista, isso graças ao comando do excelentíssimo Enio Vecchi.
E hoje dia, 7 de abril de 2014, a equipe do palestra voltou ao tradicional palyofss. Apesar do revés para o São José, por 78×77 num jogo dramático, a equipe alviverde tem totais condições de se classificar.
Só tenho dizer obrigado, aos guerreiros NETO, TYRONE, ALEO, MRCÃO, FABRICIO, MAXI, RODRIGO, IGOR, ATILA, TIAGAO, WIGGGINS, GUTO e principalmente BETÃO, que é um grande mestre do basquete.

UFC ou Basquete?

Palmeiras e Liga Sorocabana se tornou uma rivalidade marcante desde ano passado no basquete. Isso graça ao técnico Rinaldo Rodrigues, que insultou a equipe do palestra em sua plena casa. A partir dai  houveram ameaças de ambos casos, mas o que importa é que a questão em pauta foi resolvida, Rinaldo tem até um certa amizade com a torcida do Palmeiras.
No 1 turno a equipe de Sorocaba ganhou da equipe alviverde por apenas 2 pontos de vantagem, com uma pífia partida palestrina, mas dessa vez a história foi outra. A equipe visitante fez um esmagador 33 x 14 nos 10 primeiros de jogo. O problema foi no começo do segundo tempo, onde a equipe da casa começou a desferir golpes a lá UFC, quem sabe, não são fãs do esporte?. Os pivôs De Bem e Guilherme começaram literalmente partir para agressão. O Guilherme distribuiu cotoveladas em quadra, e os árbitros nada faziam, nem falta marcavam faziam de tudo pra tirar algum jogador nosso de quadra. Até que então, o Guilherme consegui fazer com que o armador Maxi Stanic saísse da quadra, cheio de sangue, sendo levado direto paro um hospital da região. Os jogadores da equipe alviverde começaram a perder a larga vantagem, muito pela preocupação ao companheiro machucado. Mas mesmo assim a vantagem era ainda enorme, e a equipe paulista conseguiu administrar o jogo, com uma vitória de suma importância.
Os destaques do jogo pela equipe alviverde foram: Neto com 21 pontos e Fabricio, que está começando a se encaixar no time, com 23 pontos em 27tentados. O próximo jogo do time de Perdizes será na próxima terça – feira, contra o time de São José dos Campos. 

 

2 VITÓRIAS em 1 jogo

Ontem a diretoria de basquete do Palmeiras realizou uma atitude de gente grande. O jogo de ontem entre Palmeiras/Meltex e Universo/Goiania ás 20 horas não foi marcado pela grande vitória do Palmeiras, e sim pelo lindo ato feito pela diretoria do palestra. Na vitória do Palmeira sobre a equipe do Centro – Oeste, o ginásio do Palestra Itália teve a presença de Lucas Neres. Lucas Neres é um menino de 16 anos que reside na cidade de Brasília, o jovem sofre de uma doença rara e precisa de ajuda para respirar e sobreviver. O adolescente é oriundo de uma família humilde e apresenta um histórico de coragem, dedicação e esforço para superar todos os seus desafios.
Lucas Neres é um torcedor fanático do Palmeiras e conta com o apoio da Mancha Verde- DF para realizar o tratamento de algumas patologias tais como Bronquite Obliterante, Hipertensão Arterial Pulmonar e Artrite Reumatoide Reativa. E na vitória de ontem do Palmeiras toda renda do jogo foi destinada ao GUERREIRO Lucas, um valor perto de 5 mil reais.
Pequenos gestos de solidariedade fazem de nós pessoas melhores, quantas vezes você já ajudou um mendigo na rua que estava pedindo uma moeda? Quantas vezes você ajudou um idoso a atravessar a rua ou mesmo um cadeirante subir ao ônibus? Enfim isso nos faz pensar o quanto somos individualistas.  Portanto deixe este sentimento de lado e pratique uma ação de solidariedade ao próximo

Garoto Lucas  com o time do Palmeiras (Fábio Menotti//Ag.Palmeiras)

Teste para cardíacos

Após 4 derrotas do basquete alviverde para limeira, Flamengo, Macae e Basquete Cearense, o time do palestra voltou a vencer, e de forma dramática. O jogo começou nervoso para a equipe Paulista, mas pouco a pouco as jogadas foram começando a sair. O 1 tempo acabiu 40 x  35 para a equipe do Palmeiras. No 3 quarto, o verdão foi absolutamente superior. Porém veio o último quarto, a equipe alviverde até consegui implantar uma diferença de 13 pontos, só que a equipe de Mogi foi tirando a vantagem, até que Filipin empatou o jogo com uma bola de 3. O jogo foi para a prorrogação, após ataque mal sucedido do Palmeiras. A prorrogação foi disputa ponto por ponto, sendo assim tivemos outra prorrogação, um verdadeiro teste para cardíacos. Dessa vez não teve jeito a equipe alviverde dominou o tempo adicional,  graças ao gênio Neto, um guerreiro em campo e ao Guto, com suas carteiras bolas.                  
Os destaques do jogo pelo lado de Mogi foram Agba e Alemão com 19 e 15 pontos respectivamente. Ja pelo lado do palestra foi o trio Átila, Neto e Guto que junto somaram somente 57 pontos 22 rebotes e 8 assistenciais. Detalhe o monstro Átila fez um incrível duplo – duplo, foram 25 pontos e 18  rebotes.

Jogo atípico

Atípico essa é palavra que posso dizer sobre o jogo de ontem no palestra. Era um jogo fundamental em virtude da proximidade da tabela ente Palmeiras/ Meltex e SKY Basquete Cearense, comandado pelo experiente Alberto Bial. A equipe do palestra começou mal o jogo, perdendo por 7 x 0, porém logo em seguida a equipe reagiu terminando o 1 quarto empatado no placar de 20 x 20. Já no segundo quarto foi de total domínio do Palmeiras, fechando e 1 tempo pelo placar de 43 x 36.
Porém começou o pífio 2 tempo alviverde. Realmente atípico o time do palestra, erros bobos no ataque e uma marcação fraca. As bolas de 3 pontos do adversário caiam com uma facilidade incrível. E mais uma vez a equipe  paulista teve um aproveitamento ridículo nos lances livre. Foram 10 acertos em 17 tentativas, com 58,8% de lances livre sucedidos, já a equipe visitante obteve 94,4% de aproveitamento em lances livres 17 acertos em 18 tentados.
Os destaques do jogo pelo lado do time de Bial foram Felipe e Jimmy ambos com 20 pontos, já pelo lado do palestra foram o argentino Maxi com 12 pontos e o ala norte americano Wiggins com 13 pontos. O próximo dos guerreiros alviverdes será sábado dia 8 às 18 horas contra o time de Mogi das Cruzes.