Arquivo da categoria: Sem categoria

Do terceiro lugar da Série Bronze ao vice da Ouro: a evolução do Sub-14 nas mãos de Rato

Nosso Sub-14 começou o ano longe de ser favorito ao título, sem nenhuma grande estrela e sem atletas convocados para a Seleção Brasileira da categoria, que disputou o Sul-Americano e, apesar disso tudo, alcançou um gigante feito. Conquistaram, de maneira heroica, o vice-campeonato da Grande São Paulo nessa sexta (22), contra o Esperia, por 65 a 58. Por ter disputado a final, o Palestra garantiu vaga parao Estadual, torneio que reúne os dois melhores times da Grande São Paulo e os dois melhores do interior).

Sub-14 do alviverde (Foto: Angelo Salvioni/Palmeiras)

Em 2018, esse mesmo time conquistou o terceiro lugar da Série Bronze e neste ano brigou diretamente pelo título da categoria, com chances reais de levar o caneco para o Palestra e há motivos por toda essa evolução.

À beira da quadra:

Marcelo Ribeiero, o Rato, é um dos grandes responsáveis pela grande evolução do Sub-14. Em seu primeiro ano comandando o alviverde, mostrou grandes qualidades e feitos. Em suas mãos, conseguiu retirar ao máximo a qualidade doa seus atletas. Além disso, montou seu time sem depender de nenhum atleta, com o coletivo forte, o que resulta em grande dificuldades para os adversários. Também sabe lidar com todos, tem o respeito e confiança nas mãos por parte de seus atletas.

Big Three:

Embora o Palmeiras não dependa de nenhum jogador, o trio formado por Enzinho, Michael Leoni e Diogo Degan, além de formar o melhor perímetro da categoria, tem grande responsabilidade pela ótima campanha do Verdão. Os três somam 35.3 pontos de média por jogo e quando estão em quadra ao mesmo tempo, tornam o ataque de Rato mais agressivo. Vale ressaltar ainda que Michael e Degan foram eleitos, respectivamente, o melhor armador e ala do Campeonato.

Parazinho e Degan com as respectivas premiações pessoais

Sub-19 do Verdão é guerreiro, emapata a série de quartas de finais contra São José e agora decide em casa

A equipe Sub-19 de basquete da Sociedade Esportiva Palmeiras empatou a série de quartas de finais contra São José dos Campos, nessa terça (5), ao vencer o time do Vale Paraíba, por 77 a 67. Agora, o Palestra decide a vaga rumo à semifinal na próxima terça (12), no Ginásio do Palestra Itália, às 17 horas, com entrada franca.

Vinicius Chagas (21 pontos e 18 rebotes), Camargo (20 pontos) e Robson (15 pontos) foram os grandes destaques do alviverde.

Vincius Chagas mais uma vez anotou double-double (Foto: Caio Carlucci)

Em EVOLUÇÃO, Sub-19 do Palmeiras supera o Esperia e enfrentará São José nas quartas de finais

Em grande evolução nas mãos de João Monteiro, o Padola, a equipe Sub-19 do alviverde venceu na noite desta terça-feira (22) a equipe do Esperia por 97 a 70. Com autoridade desde o começo do jogo, o Palestra teve grande atuação coletiva. Gabriel Dallabona (20 pontos e 5 rebotes), Vinicius (18 pontos e 6 rebotes), Camargo (13 pontos e 7 assistências) e Robson (8 pontos e 9 rebotes) foram os destaques do verdão.

O ala-pivô Vinicius foi destaque novamente (Foto: Caio Carlucci)

Com o resultado, o Palmeiras se classificou para as quartas de finais na quarta colocação, com a campanha idêntica ao São José dos Campos, mas no confronto entre as equipes, o time de Padola tem vantagem no saldo de cestas e, por isso, irá ter mando de quadra nos playoffs contra a equipe do Vale do Paraíba. No confronto, ainda sem datas definidas, a primeira partida será no Ginásio Lineu de Moura e a segunda e terceira (se necessária) no Ginásio do Palestra Itália.

Evolução Palestrina:

Após o bom trabalho até o primeiro semestre deste ano nas mãos de Adriano Geraldes, o Sub-19 do verdão teve um novo comando a partir do segundo semestre. Com história no clube, Padola chegou no alviverde, manteve as boas características de Adriano e trouxe novas qualidades para a equipe alviverde. Em suas mãos, Robson se tornou um armador muito mais agressivo, melhorando sua leitura de jogo e com ótimo aproveitamento. Quem também mostrou ótima evolução foi o ala versátil Gabriel Soldi. Com mais volume de jogo, vem aproveitando melhor o seu bom físico, sobretudo com precisas infiltrações e também melhorando seu aproveitamento do perímetro. Vale ressaltar que sob comando de Padola, o Palestra cresce em jogos grandes, Ganhamos de São José dos Campos, Franca e Pinheiros (em casa), além de um ótimo jogo fora de casa contra o Paulistano.

Gabriel Dallabona é uma das gratas surpresas com Padola (Foto: Caio Carlucci)

Defesa ganha jogo: Palmeiras segura garrafão do Pinheiros e consegue uma heroica vitória pelo Sub-16

Na noite dessa sexta-feira (6), a equipe Sub-16 da Sociedade Esportiva Palmeiras conseguiu um grande feito. Com extrema garra, brio nos olhos desde o começo da partida e, sobretudo, uma agressiva defesa, o Palestra superou o forte Esporte Clube Pinheiros por 70 a 68. Com o resultado, o alviverde ultrapassou o time pinheirense e é o novo vice-líder do Estadual (Regatas lidera).

Para sair com a vitória , a equipe do técnico Rafael ”Toca” Santos fez um exímio trabalho defensivo, sobretudo no garrafão. Gustavão foi gigante, um guerreiro em quadra, fez o trabalho sujo e ajudou a anular o forte trabalho interno do Pinheiros (Emanuel e Paulão). Além de Gustavão, Pedro Leme, ala, foi crucial na parte defensiva também. Titular do alviverde, foi o responsável por marcar pressão Tico, armador e cestinha do Pinheiros e deu enorme trabalho.

”Quanto ao sistema defensivo, mudamos alguns aspectos ao jogo do primeiro turno. Defendemos um pouco parecido com o que deu certo lá na CBC. Tivemos todo o comprometimento do sistema por parte dos atletas, marcando o tempo inteiro, cada um o seu melhor e isso foi muito importante para anular o Tico, grande jogador do time, junto com o Emanuel. Fizemos um bom trabalho também marcando o Paulão, tivemos uma dificuldade em relação sua estatura, mas conseguimos marcar bem”, frisou Toca.

Ian foi destaque na parte ofensiva (Michael Oliveira/Federados)

Marca da equipe do Toca, o coletivo se sobressaiu. Na defesa, Leme e Gustavão, já na parte ofensiva Ian chamou a responsabilidade e foi o cestinha do alviverde com 20 pontos, vindo do banco de reservas. Quem também foi destaque foi o armador Joãozinho. Com jogo agressivo e direito a enterrada, nosso Monstrinho do Palestra foi um leão em quadra. Infiltrou com agressividade, matou bola do perímetro e puxou contra-ataques com exito.

”O mérito total é dos atletas, eles compararam a ideia, hoje, na minha opinião, fizemos um baita jogo. Um jogo consciente, centrado e, apesar do Pinheiros ter aberto uma vantagem de cinco, seis pontos, nós não se descontrolamos e soubermos nos manter no jogo. Sabíamos bem o que era para fazer. O grupo está de parabéns. Eu sou um cara que prezo muito pelo grupo, não gosto de um jogo individual , então fiquei muito feliz com a partida que todo grupo apresentou, finalizou Toca”.

Vale a liderança: Sub 15 do verdão enfrenta o pinheiros nesta sexta-feira

Embalado por duas vitórias fora de casa, contra o Clube de Campo de Rio Claro e São José dos Campos, a equipe Sub 15 do alviverde volta à quadra nesta sexta-feira, pela Fase de Classificação, que antecede as finais da competição, ou seja, decide quem terá o direito de sediar o quadrangular final. Sob comando do técnico Marcelo ”Rato” Ribeiro, às 17 horas, no Palmeiras, as Cria do Palestra medem forças contra o Esporte Clube Pinheiro. (https://www.facebook.com/events/487126202075879/ evento do jogo no Facebook).

O jogo, que por si só já é pegado, quente por ser um clássico na base, tem outro ingrediente especial. Ambas equipes estão invictas e ao vencedor, valerá a liderança da competição. Na fase inicial, o Palestra venceu em casa, já o Pinheiros levou a melhor no Ginásio Azul.

caldeira foi destaque no jogo no Palestra entre os times (Michael Oliveira/Federados)

Apesar da equipe pinheirense ser extremamente forte, sobretudo no jogo interno, o alviverde imponente tem, certamente, o melhor perímetro da categoria, que pode fazer a diferença. Gabriel Caldeira e Diogo Castro formam uma dupla de armação de extremo respeito. Enquanto o primeiro se destaque por suas jogadas desconcertantes, sua extrema habilidade e capacidade de distribuir o jogo, Diogo é exímio chutador dos três pontos e ótimo infiltrador.

Além da dupla, Rato tem outra arma no perímetro. Vindo do banco de reservas, o ala-armador Henrique é, com sombras de dúvida, o 6° homem do verdão. Sempre que entra, faz a diferença. Ótimo marcador, o atleta ainda possui grande facilidade em pegar rebotes e fazer pontos de segundas oportunidades.

Henrique faz a diferença no ataque e na defesa (Foto: Michael Oliveira/Federados)

Palmeiras busca o título da Copa do Brasil de Clubes-Sub 18

Campeão da Copa Sul-Americana de basquete Sub 12 e Sub 15 neste ano, a base da Sociedade Esportiva Palmeiras busca mais um título inédito para esta temporada. Sob comando do técnico Padola, o alviverde disputará a partir do segunda-feira a Copa do Brasil de Clubes Sub-18, que será realizada no Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro.

Recém-chegado no alviverde, Padola comentou as expectativas para o campeonato ” A Copa Brasil será um torneio bastante produtivo a nós pela possibilidade de me adaptar mais aos garotos e conhecer melhor os atletas do Sub-17. Vamos ao Rio para estudar adversários jogo a jogo e fazer a melhor campanha possível para darmos continuidade ao projeto da temporada. Temos uma equipe forte, de boa estatura, e trabalharemos em cima disso para evoluir”, concluiu o comandante palestrino.

O elenco alviverde (Priscila Pedroso/Palmeiras)

O Palmeiras está no Grupo A da competição, ao lado de Sorriso Basquetebol-MT, Tijuca Tênis Clube-RJ e Clube do Remo-PA. A estreia palmeirense será diante do clube paraense na própria segunda (19), às 20h15. Participam também da Copa Brasil de Clubes Sub-18 os clubes Duque de Caxias-RJ, Esperia-SP, Náutico-PE, Minas-MG, Nosso Clube-PE, Olympico-MG, Flamengo-RJ, Sport-PE, União Corinthians-RS, ASBAVI-RO, Sociedade Thalia-PR e Botafogo-RJ.

Brunão é um doa destaques no garrafao (Michael Oliveira/Federados)

Os Jogadores:

Armadores: Mogi e Amós;

Alas: Gabriel Camargo, Diego, João, Vinicius Susuki e Maurício;

Ala-pivô: Gustavo Nunes, Brunão e Guilherme Serrano;

Pivôs: Mineiro e Vincius Chagas.

Arrasador, Palmeiras estreia com vitória pelo Sub 19

A equipe Sub 19 da Sociedade Esportiva Palmeiras iniciou o Estadual Sub 19 de maneira arrasadora. Jogando no Ginásio do Palestra Itália, o time do coach Adriano Geraldes superou o Esperia pelo placar de 94 a 46 (17 x 13, 26 x 9, 30 x 15 e 21 x 9).

O ala Gabriel Mota é uma das novidades do Palestra (Foto: Micahel Oliveira/Federados)

Para esta temporada, o alviverde passou por uma reformulação em seu plantel. Além das chegadas dos alas Gabriel Mota, Gabriel, Henrique e Pablo e dos pivôs Gustavo, Guilherme Serrano e Hamilton, o Palestra conta com atletas do Sub 17, que sobem de categoria. Caso do armador Vinicius, do ala Arthur e do ala-pivô Maurício.

Arthur é um dos atletas do Sub 17 que será usado no Sub 19 (Foto: Michael Oliveira/Federados)

Apesar dos desfalques dos armadores Iago Rosa, Robson e do pivô Guilherme Serrano, o verdão foi superior do início ao fim. Sempre na dianteira do placar, a equipe de Adriano pode rodar todo o seu elenco, sem contar com apenas um destaque individual e sim o coletivo de prevalecendo, marca da equipe palestrina.

O Juvenil do alviverde volta à quadra no próximo dia sete, às 16 horas, no Ginásio Walmir Marques, contra o Corinthians.

Outras Categorias:

Sexta: Sub 16 – SEP x Overtime (17h)

Sábado: Sub 14 – SEP X ECP (9h)

Sábado: Sub 15 – SEP X ECP (11h)

Domingo: Sub 12 – SEP X ECP (9h)

Domingo: Sub 13 – SEP X ECP (11h)