Arquivo da tag: Sem categoria

Saiu melhor que a encomenda

Juvenil do Palmeiras está fazendo bonito no campeonato ministrado pela Federação Paulista de Basquete, fazia tempo que o Palestra não iniciava tão brilhantemente com um time sub 19, ainda mias com todas as adversidades. Filet chegou e montou  praticamente um time novo às pressas, chegaram 5 atletas, apostou em alguns nomes (Gabriel e Lázaro), que estão fazendo bonito e contribuindo e muito para o alviverde, todavia, a bem da verdade é que Filet merece o respeito de todos, é um excelente treinador e fez com que o Palmeiras no dia de hoje, conquistasse a segunda posição sob vitória em cima do Rio Claro, que estava empatado conosco.

Filet foi treinador do Palmeiras até 2013
Filet foi treinador do Palmeiras de 2007 até 2013
Filé voltou ao Palestra no ano passado e está conseguindo ótimos frutos
Filé voltou ao Palestra no ano passado e está conseguindo ótimos frutos

Ainda sem Egon, que deve voltar a ser relacionado para a próxima partida diante o Banespa, na próxima sexta feira, às 19 hora, no ginásio do Palestra Itália, o Palmeiras fez um jogo equilibrado do início ao fim, sendo líder do placar praticamente o embate inteiro e sem correr muito riscos. Mais uma vez o diferencial do time foi o elenco, todos os jogadores, sem exceção contribuíram para a vitória do Palestra, Zé foi muito bem nos rebotes, assim como Lázaro, uma grata surpresa que vem fazendo um belo trabalho no garrafão, João foi muito bem no perímetro, fez até cesta mágica, Lucas Costa marca como poucos, se no ataque não é craque, na defesa é um leão, mas os grandes nomes do jogo foram: Murilo, foi espetacular na armação, distribuiu muito bem os passes, lembrou até o Stanic, Italo, que anotou 13 pontos, foi espetacular nas infiltrações, deu duas enterradas lindas, uma em especial literalmente na cabeça do atleta de Rio Claro e Gabriel, cestinha com 14 pontos, dominou o garrafão do Palmeiras, com ganchos, cestas e falta, chegou do Barueri e está fazendo excelente trabalho no alviverde. Sociedade Esportiva Palmeiras 69 x 59 Rio Claro.

Foto: Rafael Gammellone
Foto: Rafael Gammellone

Já pelo adulto, o Palmeiras ainda não anunciou nenhum patrocinador, porém deve conseguir até o início do Paulista, ainda mais que uma agencia de Marketing do Palestra está trabalhando a parte para isso e alguns atletas estão fechados verbalmente. Desejamos um excelente trabalho à Régis, que a bem da verdade deveria ter mantido uma base, entretanto, está no seu direito de montar seu time, assim como anteriormente ocorreu com Betão. Bom trabalho, Régis e que nos traga muitas felicidades.

Basquete do Palmeiras é comandado por acéfalos

Com o perdão da palavra, o basquete do alviverde, infelizmente é comandado por acéfalos. Betão, ano passado, com permissão da diretoria, que lhe deu carta branca, mandou mais que a metade do elenco embora, além de perder vários atletas de nossa base com futuro promissor, todavia, Régis que é um excelente treinador e disso não duvido, com aval da diretoria conseguiu superar Betão e  teve a genial ideia de mandar praticamente todo o elenco para a rua, menos Fabricio Russo. Maxi, Locke, Nico, Marone, Jhonatan Luz, Rodrigo, Nunes e Átila já não fazem mais parte do nosso plantel. Diego, Toyloy e Neto estão muito perto de serem dispensados. Fica praticamente impossível almejar algum futuro esperançoso e próspero para o basquete do Palmeiras, uma vez em que não temos uma base fixa. Mogi é a prova de como o Palmeiras deveria ter feito e seguido exemplo. Subimos junto com eles, na Copa Sudeste e desde lá Gustavinho, Filipin e Thomas Gerkle fazem parte do elenco mantendo uma base, entretanto, o Palmeiras a cada ano quer começar do zero e testar a paciência de seu torcedor.

Maxi é ídolo do Palmeiras, mas não para Régis que o dispensou (Foto: Fernando Fernandes/Basquete Palestrino)
Maxi é ídolo do Palmeiras, mas não para Régis que o dispensou (Foto: Fernando Fernandes/Basquete Palestrino)

É inegável que o elenco do último NBB era horrível e  não foi montado por Régis, que tem total razão de decidir seu time para essa temporada, mas isso não significa mudar drasticamente. Maxi, Nico e Neto deveriam ter continuado no Palestra, servindo como uma base de excelente armação, junto Fabricio e Átila que apesar de não serem craques, fizeram um campeonato bom e regular. Ademais, dispensar Maxi, é renegar suas origens, Régis. Você tinha um pick and roll fatal em São José com Fúlvio e Murilo e Jefferson e Maxi é disparado o melhor passador do NBB e líder da assistências, se com Toyloy a jogada dava muito certo, com um pivô melhor e com uma ala pivô diferenciado, o Palmeiras teria um potencial ofensivo excelente.

Já em relação as contratações, nenhuma foi oficialmente  confirmada, mas tudo indica que Figueroa, Paulinho Boracini, Holloway e Daniel Alemão sejam jogadores do Palmeiras para a próxima temporada. Paulinho Boracini é um armador que tem um potencial enorme, todavia, é sempre uma incógnita, pois vive sofrendo lesões.

As lesões é a pedra no calcanhar de Boracini, porém é bom jogador (Foto: Dilvulgação/LNB)
As lesões é a pedra no calcanhar de Boracini, porém é bom jogador (Foto: Dilvulgação/LNB)

Figueroa sabe armar muito bem o jogo, distribui inúmeras assistências, apesar de não ter a mesma capacidade de Maxi e tampouco um chute bom.

Figueroa tem ótimo passe, mas não é Maxi (Foto: Newton Nogueira)
Figueroa tem ótimo passe, mas não é Maxi (Foto: Newton Nogueira)

Holloway é sim um reforço a ser comemorado, se realmete vier, será uma excelente contratação. Será titular absoluto e não me arrisco em dizer que provavelmte seja nosso cestinha para a próxima temporada, ainda mais que nos clubes que passou foi sempre o protagonista (Liga Sorocabana e Paulistano)

Holloway será uma ótima contratação
Holloway será uma ótima contratação

Daniel Alemão, ala pivô, de extrema raça, seria um bom líder para o time do Palestra Itália, porém não para ser titular, como banco é uma boa opção. Vale ressaltar que em Mogi teve um comportamento negativo com Paco, o que levou em sua demissão. É sempre bom ficar atentos em jogadores mais esquentados, mas em suma gostaria dele no alviverde.

Alemão fazia um ótimo trabalho em Mogi até ser dispensado
Alemão fazia um ótimo trabalho em Mogi até ser dispensado

Por último desejo muita sorte aos jogadores dispensados pelo alviverde em seus novos clubes e que arrebentem assim como Tyrone fez em Mogi e  Guto em Caxias. Lembrando para a diretoria que vários jogadores estão no mercado. Matheus Dalla  acabou de ser dispensado, seria um belo reforço, assim como Jamaal, Toledo, Giovannonni e Caio Torres, só com esses jogadores teremos um Paulista mais calmo, o que não ocorreu com Betão. Aguardemos os próximos capítulos.

P

Pelo juvenil, Palmeiras encanta e bate o tradicional Paulistano

Certamente a melhor atuação do juvenil neste ano, ainda mais pelo adversário enfrentado, o tradicional Paulistano que é bem da verdade jogou sem Mogi e Pedro Paulo, mas mesmo assim tem um ótimo plantel e um belo treinador, o verdadeiro Betão. Fazia tempo que o sub 19 do Palestra não batia o time do Jardim Paulistano, a última vez que aconteceu foi nas quartas de finais de 2013, onde o Palmeiras na  melhor de 3 jogos, perdeu em casa por 9 pontos, ganhou fora por 9, porém no decisão perdeu (Leo Eltik e Igor Tomar eram, os destaques do Palestra e pelo Paulistano, Duso e Pecos brilhavam).

Voltando ao jogo, os comandados de Filet (que vem fazendo um belo trabalho e é importante frisar), começaram o jogo voando em quadra, uma defesa intensa, anulando o perímetro do Paulistano e ao mesmo tempo um ataque muito bem trabalhado, principalmente com a armação de Murilo e de João. O Paulistano até tentava reagir, mas a  verdade é que fizerem uma partida irreconhecível e o Palmeiras jogou muito bem. Murilo e João jogaram muito, mas o time inteiro colaborou para a vitória, com destaques para Italo e Gabriel, cestinha com 15 pontos. Fim de jogo e uma vitória sem nenhuma dificuldade para o Palestra. SEP 66 X 47 CAP.

Palmeiras foi superior do início ao fim (Foto: Rafael Gammellone)
Palmeiras foi superior do início ao fim (Foto: Rafael Gammellone)

Lembrando que o ala Egon ainda está de fora do time, tratando de uma inflamação na lombar, todavia, já está em fase final de tratamento e está voltando a arremessar aos poucos. E por último, o juvenil volta a jogar sexta feira, em casa contra o enjoado time de Limeira, às 18 horas.

LDB aí vamos nós

Finalmente uma excelente notícia para o basquete do verdão. Neste ano jogaremos a Liga de Desenvolvimento De Basquete (LDB), o campeonato mais importante de base do Brasil. Inúmeros jogadores já se destacaram e foram revelados pela LDB. Podemos citar Lucas Mariano e Leo Meindl, de Franca, Ricardo Fischer e Guilherme Deodato, de Bauru que já figuram como protagonistas do NBB, além de outras promessas que futuramente estarão no NBB ou até mesmo na NBA. Falo de Lucas Dias, Humberto e Georginho, do Pinheiros, Pezão do Náutico e Victinho do Sport.

A competição que começa neste ano em julho à dezembro terá Filet como treinador do Palestra e o elenco usado será do juvenil, mais jogadores do sub 17 e o jovem e ótimo armador Lucas de 20 anos. Talvez, mas dificilmente, o Palmeiras contrate atletas mais ‘’velhos’’. O provável elenco será formado por:

Equipe sub 19 (Foto: Vivendo Esportes Produções
Equipe sub 19 (Foto: Vivendo Esportes Produções)

Armadores: Murilo Henriquy e Lucas

Ala Aramadores:  Victor Egon, Lucas Costa e Nicolas Ronsini

Alas: Ítalo, Cadu, Luiz Flávio e Gustavo

Ala Pivô: Lázaro Rojas, Victor Felipone

Pivôs: Gabriel Mendes e José Carlos (Zé) e Felipe Franklin

Vamos aos nossos possíveis destaques do time que disputaram o campeonato.

Murilo Henriquy – Armador clássico, difícil de se achar no basquete mundial, prioriza assistências em detrimento a chutes, não seria nenhum exagero comparar o jogador ao Huertas, armador da seleção, seu jump é igualzinho ao atleta do Barcelona. Além disso, é o armador da seleção brasileira sub 19.

Murilo (5) ao centro
Murilo (5) ao centro

Egon –  O grande chutador do Palmeiras, foi o cestinha da equipe no ultimo campeonato juvenil do Palestra, com médias beirando os 14 pontos. Se deixar livre, chuta e converte facilmente as bolas do perímetro, principalmente de 3 pontos.

Egon jogou sempre pelo Palestra (Jairo Giovernardi/JGCOM)
Egon jogou sempre pelo Palestra (Jairo Giovernardi/JGCOM)

Vale ressaltar que jogadores como Pecos (Paulistano), Leonardo Eltik (Bauru), Leonardo Medeiros (Flamengo), Mogi Alves (Paulistano), Weley Sena(Bauru), Guto (Blumenau), Pedrão (Joinvile) passaram há pouco tempo pelo verdão e certamente se ainda estivessem no Palestra, brigaríamos facilmente pelo título, todavia por algumas proposta melhores e a não devida atenção de nossa diretoria, foram para outros clubes.

Lembrado que segunda nosso sub 19 foi à Mogi e bateu os mandantes por 60 x 62 e que amanhã teremos 4 excelentes jogos em casa conta o Paulistano, a partir das 9 horas.

Sem Filé e com Adaga, Palmeiras vence o tradicional XV

Terceiro jogo e terceira vitória. Esta é a campanha atual da equipe sub 19 do Palestra, comandada pelo excelente Filé que segue invicta e em primeiro lugar junto com o ótimo time de Bauru. Anteriormente ganhamos em casa do Internacional de Regatas e de Poá, fora de casa, ontem, a vitima foi o XV de Piracicaba que outrora fora de grandes nomes como Wlamir Marque e Waldemar Blatkauskas. O placar foi de 75 x 45 favorável ao Palmeiras. Vale ressaltar que o técnico Filé não pode estar presente no embate de ontem devido estar em Franca já pelos playoffs das oitavas de final do NBB7, Adaga do sub 16 e 17 e ex Basquete Santo André foi o encarregado à dar ordens no juvenil.

1 minuto de silêncio em homenagem ao falecimento do jovem atleta Juan
1 minuto de silêncio em homenagem ao falecimento do jovem atleta Juan
Adaga substituiu o técnico Filé
Adaga substituiu o técnico Filé

O jogo começou muito equilibrado, com ótimas jogadas individuais do jovem armador Palestrino (Murilo) e da seleção brasileira sub 19, além de precisas infiltrações de Italo, mais uma vez um dos destaques da partida. O XV reagia muita mais na base da vontade e a vantagem não era ultrapassada por mais de 10 pontos, este foi o senário do 1 tempo, com o Palmeiras vencedor.

Na volta do intervalo, a equipe visitante estava melhor e foi quando tirou a vantagem de 8 pontos para 3 pontos, rapidamente (45 x 42) o que fez Adaga pedir tempo imediatamente. Voltando da parada, foi quando o Palestra literalmente decidiu a partida. Depois disso, o Palmeiras fez 30 pontos e o XV apenas 3, devido a ótima defesa do juvenil e mais uma vez aos bom coletivo que se sobressaiu que nem a vitória diante o time de Santos.

Sem dificuldades, Palmeiras vence XV
Sem dificuldades, Palmeiras vence XV

Destaques:

Lucas Costa: o grande nome do jogo, não foi tão eficiente no ataque como em sua estreia, mas na defesa foi um leão, o garoto marcou muito bem, mostrou muita raça que deveria servir de exemplo para outros atletas do adulto. Jogou demais.

Italo: se tem alguém que está evoluindo a cada jogo é ele. Chegou do Círculo Militar ano passado bem tímido em quadra e com treinamentos com o adulto e no final do campeonato sub 19 de 2014, mostrou que tem futuro, mais uma vez infiltrou bem.

Murilo: de novo distribuiu bem as jogadas, prefere dar um passe do que um arremesso, me lembra muito o estilo do Marcelinho Huertas.

Lázaro Rojas, Gabriel e Zé: se tem uma posição que o Palmeiras não enfrenta mais problemas é o garrafão, ano passado não chegamos mais longe devido a isso. Agora com a chegada de Lázaro e de Gabriel e a permanência de Zé, o nosso garrafão tornou-se o diferencial da equipe. Lázaro foi bem no perímetro e nos rebotes, já os dois últimos fizeram um belo trabalho de pivôs quando jogavam juntos, especialmente em baixo da cesta.

Lázaro foi bem, mais uma vez
Lázaro foi bem, mais uma vez

Lembrando que o atleta Egon,especialista em chutes de 3 segue machucado e fora por cerca de 1 mês, assim como Luiz Flávio, ex Bauru também não jogou. Próximo jogo será dia 13,fora de casa contra o São José dos Campos, às 16 horas.

Resultados da rodada:

Winner Limeira 82 x 84 Bauru

Franca 95 x 60 Poá

Mogi 86 x 51 LSB

O Palestra vai tremer

Depois do fim da fase classificatória do NBB 7, o verdão finalmente descobriu seu duelo nas oitavas de final dos playoffs e será o time Franca, do interior paulista. Na última rodada, os comandados de Régis Marreli podiam ter 3 possibilidades de confrontos nas oitavas. O Franca, em casa e fora e o time do Pinheiros, fora de casa. Vale ressaltar que os playoffs são compostos de 5 embates em usa totalidade. Acabou sendo que o verde irá confrontar o time do Franca, com mando deles, ou seja, os jogos 1,2 e 5 (se necessário serão longe do Palestra), já as partidas 3 e 4(se necessário) serão no Caldeirão do ginásio do Palestra Itália.

 

Torcida do Palmeira irá ferver o Palestra (Foto: Caio Casagrande)
Torcida do Palmeira irá ferver o Palestra (Foto: Caio Casagrande)

O primeiro jogo da série já será na próxima quarta feira, 8, às 20 horas, com transmissão da web rádio http://www.basquetesep.caster.fm ou por meio da narração da liga em seu site. Para esse primeiro confronto, o Palestra não terá nenhum desfalque, já o time do Franca sim. O pivô Coimbra não disputou os 3 últimos jogos de seu time devido a um deslocamento de quadril e é duvida para o jogo de quarta, será avaliado a partir de segunda. O pivô Leo vai para a partida, porém desde do falecimento de sua avó, está sofrendo com problemas em seu joelho e, por isso, vai no sacrífico. É nisso que o Palmeiras/Meltex tem que apostar no jogo do garrafão, caso confirme a ausência de Coimbra, Lula Ferreira terá um seríssimo problema. Ele não tem outra opção ao não ser apostar nos jovens João Pedro e Tom que claramente ambos não têm nenhuma experiência em jogos que literalmente o ”bicho vai pegar”.

Toyloy deve explorar o garrafão francano
Toyloy deve explorar o garrafão francano

Outo fator que certamente ajudará o alviverde é o apoio do seu sexto jogador, poucos times têm uma torcida tão fanática e que consegue ganhar jogos. Mesmo o Franca tendo mando de quadra, a torcida deles não está nem um pouco lotando o Pedrocão e tampouco apoiando o time, ainda mais numa fase de ”vacas magras” para o time de Lula Ferreira. Ganhando o primeiro ou segundo jogo no interior Paulista, o Palestra só precisa fazer valer seus dois jogos em casa que estarão lotados. São eles, na semana que vem, nos dias 14 e 16 de abril, uma terça e quinta, respectivamente, ambos às 20 horas e com entrada franca.

playoffs
Foto: Basquete Alviverde
hincha 2
Com torcida apoiando, o Palestra é uma maquina em casa (Foto: Fabio Menotti/Divulgação)

Lembrando que na terça, o Sub 19 enfrenta o XV de Piracicaba e na quarta, antes do primeiro jogo dos playoffs, o sub 17 enfrenta o Hebraica, às 17 horas. Ambos os jogos são em casa e ambos os times estão invictos.

Com participação coletiva, juvenil estreia com pé direito

Nesta terça feira,24, o juvenil do alviverde enfrentou o time do Inter de Santos, de Bolinha e Kauê Santos, ambos ex SEP. O Palmeiras estreava seu novo comandante, o Filé que já deu sua cara ao time do Palestra, além de outros jogadores. A partida terminou com um placar de  74 x 57.

Egon e Luiz Flávio, recém chegado de Bauru não puderam jogar e certamente fizeram falta ao time, mas que ao mesmo tempo apresentou um jogo coletivo que sobressaiu. Gostei muita da estreia do nosso ala-pivô Lázaro Rojas, grande partida, muito eficiente na defesa e melhor ainda no ataque, Gabriel Mendes também foi bem no ataque e mostrou que chega para dominar nosso garrafão que até temporada passada era uma pedra em nosso sapato. Lucas Costa fez uma bela partida, principalmente no ataque e foi um dos destaques da equipe ao lado do pivô Zé que foi o cestinha da partida com 17 pontos.

Palmeiras teve 5 jogadores pontuando com dígitos duplos.
Palmeiras teve 5 jogadores pontuando com dígitos duplos.

Nosso próximo adversário será o Poá na próxima terçã, fora de casa. Confira outros  resultados da rodada. Bauru bateu o Pinheiros por 73 x 68, Poá bateu o XV de Piracicaba por 79 x 69 e foi isso até agora. E para finalizar cravo que o Palmeiras brigue por uma 4, 5 colocação e que o título fique entre Paulistano, Pinheiros e Bauru.